Um adeus sem corpo

28 08 2006

 

 

 

 

 

O fulgor descorçoado deste dia findo
é um retrato da tua despedida.
Abalaste tão leve quanto tinhas vindo
e eu nem dei conta da tua partida.

Este vácuo comprido que quase me cinge
como o terno abraço duma silhueta
Não é além de uma fantasia que finge
que ainda aqui te acho, amante predilecta.

Porque te esquivaste de mim?

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: