Um adeus sem corpo

28 08 2006

 

 

 

 

 

O fulgor descorçoado deste dia findo
é um retrato da tua despedida.
Abalaste tão leve quanto tinhas vindo
e eu nem dei conta da tua partida.

Este vácuo comprido que quase me cinge
como o terno abraço duma silhueta
Não é além de uma fantasia que finge
que ainda aqui te acho, amante predilecta.

Porque te esquivaste de mim?

Anúncios